apoioI

data

terça, 07 junho 2016 09:37
Expert Insight

Investigações em curso renovam a esperança dos especialistas

Questionado pela News Farma sobre as novidades de maior destaque em cancro da mama divulgadas na ASCO, o Prof. Doutor Luís Costa partilha neste vídeo algumas ideias discutidas entre os especialistas, designadamente no que toca aos tumores da mama triplo negativos e hormonodependentes.

No que concerne ao cancro da mama triplo negativo, o diretor do Serviço de Oncologia do Hospital de Santa Maria afirma que há "esperança que a imunoterapia, nomeadamente os inibidores de checkpoint imunológico, possam ter resultados positivos". O especialista refere que há vários estudos em curso que comprovam a preocupação dos clínicos de todo o mundo em encontrar "novas terapêuticas, rápidas e eficazes" para este tipo de cancro.

O oncologista acredita que o rumo que a investigação está a tomar trará novas e melhores alternativas. O sentimento de esperança estende-se também ao cancro da mama hormonodependente, nomeadamente no que se refere à duração da hormonoterapia adjuvante.

Veja a entrevista em vídeo.

Ir além da terapêutica: a importância dos aspetos organizacionais

As sessões da ASCO dedicadas aos aspetos organizacionais e metodológicos das equipas médicas têm merecido a atenção dos especialistas presentes, nomeadamente do Prof. Doutor Luís Costa, diretor do Serviço de Oncologia do Hospital de Santa Maria.

"Não basta termos os medicamentos e as terapêuticas inovadoras, temos que ter novas organizações para poder rentabilizar melhor essas inovações", refere o especialista.

Dando como exemplo um caso clínico apresentado durante o congresso, o oncologista defende a replicação, em Portugal, dos "Molecular Oncology Tumor Boards", equipas multidisciplinares que trabalham em conjunto no acompanhamento dos doentes. "Numa era que é da medicina da precisão, vamos ter que evoluir para as chamadas reuniões multidisciplinares de Tumor Boards", nas quais os especialistas de medicina molecular e os oncologistas estão diretamente envolvidos em prol do tratamento mais adequado para os doentes.

O Prof. Doutor Luís Costa destaca ainda a sessão "Opportunities for Collective Decision-Making in Clinical Practice", apresentada pelo Prof. Neal J. Meropol, onde foi explorada a partilha de decisão e informação entre a equipa médica e o doente. O preletor partilhou os resultados de um estudo recente que procurou perceber quais são os receios que os doentes têm ao participar em estudos clínicos.

Saiba mais, assistindo à entrevista em vídeo.

Store News Farma

Newsletter

Área Reservada

Os portugueses na ASCO 2016

Dr.ª Ana Castro

Dr. José Duro da Costa

Dr.ª Fátima Cardoso

Dr.ª Lourdes Barradas

Dr.ª Maria Teresa

Prof. Doutor Venceslau Hespanhol

Dr. Sérgio Barroso

Dr. Hélder Mansinho

Prof. Doutor António Araújo

Dr.ª Gabriela Sousa

Dr.ª Mónica Nave

Dr.ª Teresa Timoteo

Prof. Doutor José Passos Coelho